GREVE GERAL CONTRA REFORMAS TRABALHISTA, PREVIDENCIÁRIA E TERCEIRIZAÇÃO

O Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Tocantins convoca todos os Farmacêuticos do Estado do Tocantins para a manifestação de GREVE GERAL CONTRA AS REFORMAS TRABALHISTA, PREVIDENCIÁRIA E TERCEIRIZAÇÃO, no dia 28 de abril de 2017 acompanhando o chamamento de todas as centrais sindicais, com a seguinte programação para o dia:

Palmas

  • 8h30 – Concentração na Avenida JK, próximo ao Colégio São Francisco. Panfletagem e Caminhada na Av. Jk até a rotatória do Banco Bradesco.
  • 16h00 – Concentração próximo a passarela em Taquaralto.
    Panfletagem na Avenida Tocantins.

Gurupi

  • 16h00 – Concentração na Praça Santo Antonio em Gurupi-TO.
  • 17h00- Caminhada na Av. Goiás até o Parque Mutuca.

Araguaína

  • 7h00 – Concentração na UFT (Movimento estudantil da UFT e IFTO e movimentos soc...
Leia Mais

Por que aderir à Greve Geral?

Por Pedro Henrique Rocha

A manifestação desta sexta-feira, 28, em todo o país é uma oportunidade de o trabalhador brasileiro mostrar sua força, sua disposição em brigar por manter os direitos conquistados a duras penas. Diferente do que muitos estão falando, tentando limitar e simplificar os atos meramente atribuindo a organização a questões político-partidária, essa luta não é uma bandeira de partido “A” ou “B”.

É uma luta do trabalhador! Todo o trabalhador deve estar atento e ser alertado sobre o que está de fato sendo proposto pelo Governo Federal nas reformas da Previdência e Trabalhista. Primeiro, precisa saber que a Previdência Social não está quebrada como diz o Governo Federal.

Veja porque e quais são as principais mudanças:

O Governo manipula os dad...

Leia Mais

Sindifato estará presente na greve geral do dia 28 de abril

A mobilização sindical tocantinense está a todo vapor para o movimento de greve geral marcada para o próximo dia 28 de abril. Nesta terça, 11, o presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Tocantins (Sindifato), Pedro Henrique Rocha, participou de reunião com representantes das centrais sindicais União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e Nova Central Sindical de Trabalhadores(NCST).

Pedro Henrique Rocha, presidente, e Renato Melo, secretário-geral, em reunião com as centrais sindicais tratando sobre as mobilizações do dia 28 de abril

“Estamos definindo as estratégias de mobilização das categorias para termos um bom número de participantes no movimento que promete parar o B...

Leia Mais